Relatório Anual 2012 Itaú Unibanco Holding S.A.

Nossos negócios

Oferecemos um amplo leque de produtos e serviços bancários a uma base diversificada de clientes (pessoas física e jurídica), prestados de maneira integrada pelas seguintes unidades de negócios:

 


A reinvenção do negócio bancário em um novo cenário macroeconômico, com maior concorrência e margens mais estreitas, é a maneira encontrada para aprimorar nossos produtos, negócios e atuação, antecipando-nos aos desafios encontrados. A reinvenção e a antecipação permeiam as estratégias e a atuação de nossos negócios, nos preparando para o desafio de operar em um novo ambiente.

Realizamos nossos negócios com foco na satisfação de nossos clientes, buscando qualidade e pautados por valores éticos e transparência. Buscamos a excelência no atendimento e estamos atentos às tendências de mercado para identificar, com agilidade, novas oportunidades e soluções.

Adicionalmente, continuamos buscando soluções ágeis e inteligentes para melhorar nossa eficiência, reduzindo custos e buscando mais geração de receitas. Em diversas áreas, por exemplo, já adotamos uma metodologia de melhoria contínua para otimizar nossa sinergia e encontrar soluções inovadoras para a resolução de nossas demandas internas. Os resultados dessa estratégia gerarão benefícios tanto para o banco e seus acionistas quanto para os clientes e a sociedade em geral. GRI FG Econômica

Nossa gestão da sustentabilidade, definindo parâmetros e metas relacionadas ao desempenho de nossos negócios, também é um diferencial competitivo no setor Financeiro. Com a evolução contínua de nossas práticas de governança corporativa e a análise de nossos impactos ambientais e sociais, temos tido êxito no desenvolvimento de iniciativas que agregam valor para nossos produtos e serviços. A incorporação de critérios socioambientais para a concessão de crédito e financiamento de projetos, a expansão do microcrédito e as iniciativas de educação financeira são exemplos reconhecidos pelo mercado. GRI FG Econômica

A tabela a seguir demonstra como temos realizado a distribuição do crédito para pessoas físicas e jurídicas (em milhões de reais):

Carteira de Crédito por Produto GRI 2.8 R$ Milhões
      Variação
  30/12/12 31/12/11 Dez/12 – Dez/11
 Pessoas Físicas 160.234 155.151 3,3%
 Veículos  51.220 60.093 -14,8%
 Cartão de Crédito  40.614 38.961 4,2%
 Crédito Pessoal  26.798 25.960 3,2%
 Consignado Próprio e Adquirido BMG  12.929 9.992 29,4%
 Crédito Imobiliário1  18.047 13.450 34,2%
 Crédito Rural  266 287 -7,3%
 Argentina/Chile/Uruguai/Paraguai  10.361 6.408 61,7%
 Pessoas Jurídicas  206.051 190.332 8,3%
 Capital de Giro2 106.268 101.196 5,0%
 BNDES/Repasses  40.951 38.023 7,7%
 Financiamento a Exportação/Importação  21.258 18.318 16,1%
 Veículos  6.031 8.077 -25,3%
 Consignado Adquirido  621 115 441,4%
 Crédito Imobiliário  7.790 6.100 27,7%
 Crédito Rural  6.349 5.651 12,3%
 Argentina/Chile/Uruguai/Paraguai  16.782 12.852 30,6%
 Total sem Avais e Fianças  366.285 345.483 6,0%
 Avais e Fianças  60.310 51.530 17,0%
 Total com Avais e Fianças  426.595 397.012 7,5%
 Títulos Privados3 22.652 15.220 48,8%
 Risco Total Ajustado  449.247 412.232 9,0%

1. Não considera o saldo de R$ 389,5 milhões relativo à cessão de crédito imobiliário com coobrigação realizada no 4T11.
2. Inclui também cheque especial, recebíveis, hot money, leasing, entre outros.
3. Inclui debêntures, CRI e commercial paper.


A evolução do nosso mix de crédito para pessoas físicas evidencia o crescimento da carteira de crédito imobiliário e de crédito consignado. A redução da participação da carteira de veículos em nosso mix resulta da redução nominal do saldo dessa carteira GRI Perfil 2.7

  Mix de Crédito – Pessoas Físicas – Brasil
   
 


 

Banco comercial

Evolução da Rede de Atendimento de Varejo no Brasil*

* Não considera agências e PABs do exterior e itaú BBA.

GRI PG Responsabilidade pelo Produto

Oferecemos amplo leque de serviços e produtos bancários a uma base diversificada de pessoas físicas e pessoas jurídicas. Temos uma carteira de produtos para atender às necessidades de nossos clientes, oferecendo crédito, opções de investimento e serviços de seguro, câmbio, corretagem, entre outros.

O ano de 2012 foi bastante desafiador para nossos negócios, mas conseguimos melhorar os índices de satisfação de nossos clientes, reduzir o número de reclamações em nossos canais de atendimento, melhorar o volume de atendimentos nos órgãos de defesa do consumidor e aumentar as vendas de nossos produtos e serviços. Simplificamos a demonstração de extratos e faturas de cartões de crédito, o que resultou em maior transparência e facilidade no entendimento dos clientes.

Temos investido na ampliação da rede de atendimento e em outros canais de relacionamento – como internet e aplicativos para mobiles –, na simplificação de nossos processos e na capacitação de nossas equipes para oferecer “o produto certo, pelo canal certo, ao cliente certo e com o preço certo”. GRI FG Setorial

Concluímos a instalação de leitores biométricos em todas as agências no último ano e, em 2013, colocaremos o equipamento em todos os caixas eletrônicos. Esse é um serviço que proporciona mais conveniência e segurança aos nossos clientes, que agora podem realizar saques apenas com a identificação automatizada da impressão digital – dispensando o uso do cartão em diversas transações.

Nossa rede de atendimento de varejo no Brasil era composta por 4.731 agências e Postos de Atendimento Bancário. Além dessa rede, os clientes podem obter informações e contratar nossos produtos e serviços por meio dos canais de atendimento na internet e no telefone, salas de bate-papo virtuais e caixas eletrônicos.

Itaú no exterior Clique aqui e veja a distribuição geográfica de nossos pontos de atendimento.

Banco de varejo

Nosso banco de varejo atende pessoas físicas em todo o Brasil, com uma estrutura de atendimento dedicada. GRI FS5

Expandimos a diversificação de produtos, buscando melhores possibilidades de retorno para o cliente em um ambiente de taxas de juros e retornos menores. Em 2012, os produtos de crédito representaram 63,3% de nossa receita consolidada do banco comercial, e serviços e outros produtos sujeitos à cobrança de taxas representaram 23,7%. GRI FG Setorial

Nossa estrutura para atendimento aos clientes está segmentada para oferecer as soluções mais adequadas para cada perfil de cliente. Os correntistas com renda mensal de até R$ 4 mil ou R$ 5 mil (de acordo com a região do país) são atendidos pela nossa rede de varejo; os que têm renda mensal acima desse valor até R$ 7 mil têm acesso ao serviço Itaú Uniclass; e os com renda mensal acima de R$ 7 mil são atendidos pela rede do Itaú Personnalité. Dessa maneira, podemos estar mais próximos de nossos clientes, entender suas necessidades e oferecer os produtos mais adequados para atender suas demandas.

Nossa rede de varejo atende mais de 15 milhões de correntistas e também está voltada para construir um relacionamento perene e transparente com nossos clientes. Para melhorar a satisfação desses clientes, inovamos na prestação de serviços e nas opções de produtos. Exemplos dessa estratégia são a implantação de horários diferenciados de atendimento em diversas agências de ruas e de shoppings centers e a redução de juros nas operações de crédito para correntistas que recebem salário pelo banco. Simplificamos também a demonstração de extratos e faturas de cartões de crédito visando ao maior entendimento e à transparência com os clientes. Veja mais sobre essa iniciativa em 100% Transparente.

Desenvolvemos mecanismos que nos permitem ter um maior conhecimento do nível de endividamento de cada cliente. Em 2012, em nossas agências, realizamos eventos para fazer acordos de renegociações com nossos clientes com o objetivo de auxiliá-los no planejamento financeiro e consolidar nosso relacionamento no longo prazo.

Os serviços do Itaú Uniclass já estão presentes em todas as agências e é uma operação inovadora que realizamos no setor Bancário. Com cinco serviços exclusivos e gerentes dedicados, atingimos a marca de 2,6 milhões de clientes atendidos no último ano.

No segmento Itaú Personnalité, a rede de atendimento tem se expandido a cada ano, mantendo a qualidade no atendimento. Em 2012, foram abertas 30 novas agências da rede, que oferecem um portfólio completo de produtos de crédito e consultoria para a realização de investimentos. Nesse segmento, somos líderes nos níveis de satisfação de nossos clientes e temos ganhado espaço no mercado de forma consistente e sustentada.

Informações complementares GRI FS7 e FS14

Com foco na oferta de produtos e serviços adequados a cada perfil do varejo, fornecemos empréstimos com taxas reduzidas para clientes de baixa renda em um valor máximo de R$ 1 mil. O prazo para o pagamento do empréstimo é de 24 meses, e a carência da primeira parcela é de 15 a 45 dias, com taxa de juros a 2%. Para ser elegível a essa linha de crédito, o cliente não pode ter mais de R$ 3 mil em recursos no banco.

Em nosso desenvolvimento contínuo para garantirmos a acessibilidade de nossos serviços, buscamos alternativas, por exemplo, que atendam clientes com deficiência visual – hoje, existem mais de 6 mil contas para esse público, número que, em razão da grande exposição na mídia e no banco, praticamente dobrou em relação ao ano anterior. Oferecemos para todos esses clientes – com contas-correntes ou cartões de crédito – as seguintes opções:

  • Recebimentos em braile: 551 pessoas
  • Caracteres ampliados: 290 pessoas
  • Extrato normal: 3.439 pessoas

Aproximadamente 2 mil pessoas ainda não utilizam nenhum dos serviços citados.

Crédito consignado

Um de nossos principais focos de atuação em 2012 no atendimento a pessoas físicas foi a concessão de crédito consignado. Temos uma carteira de R$ 12,9 bilhões em crédito consignado próprio, que se alinha à nossa estratégia de investir em segmentos de menor risco e retorno para o novo cenário econômico do país.

Para expandir esse negócio e complementar essa estratégia, celebramos, em 9 de julho de 2012, um contrato de associação com o Banco BMG para oferta, distribuição e comercialização de créditos consignados.

Em 31 de dezembro de 2012, nossa carteira de crédito consignado (próprio e adquirido) era de R$ 13,6 bilhões, acréscimo de 34,1% em relação ao mesmo período em 2011.

Setor público

Nossas atividades voltadas ao setor público abrangem os níveis federal, estadual e municipal do governo (Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário). Em 31 de dezembro de 2012, tínhamos 3.833 órgãos públicos como clientes. Para atendê-los, usamos plataformas separadas daquelas das agências de banco de varejo, com equipes de gerentes especialmente treinados que oferecem soluções personalizadas em termos de arrecadação de impostos, serviços de câmbio, administração de ativos de órgãos públicos, pagamentos a fornecedores, folha de pagamento de servidores civis e militares e aposentadoria. Com base nessas plataformas, temos uma quantidade significativa de negócios realizados com clientes do setor público.

Itaú Private Bank

O Itaú Private Bank é responsável pela gestão de ativos, consultoria patrimonial e de investimentos a clientes brasileiros e dos demais países da América Latina, com aplicações a partir de R$ 3 milhões, atuando com um extenso portfólio de produtos adequados ao perfil de cada investidor.

O Itaú é o maior private bank da América Latina e líder de mercado no Brasil, com mais de 25% de participação de mercado – segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA).

No Brasil, a atuação do Private Bank em sinergia com outras áreas do Itaú Unibanco tem potencializado a capacidade de geração de negócios, o que resultou na captação de mais de R$ 10 bilhões de ativos no último ano, superando a marca de R$ 175 bilhões sob gestão. Em resposta ao cenário de queda de juros e mudança do perfil de investimento dos clientes, ampliamos nossa oferta de investimentos alternativos e produtos estruturados, entre eles ativos com exposição a risco de crédito, fundos imobiliarios e de private equity.

No exterior, o Itaú Private Bank International oferece aos clientes um portfólio completo de soluções de investimento e serviços bancários em suas operações por meio de suas unidades de Miami (Banco Itaú Europa International) e Zurique (Banco Itaú Suisse S.A.). No Chile, posicionamo-nos entre os líderes do mercado local por meio de uma associação com Munita, Cruzat & Claro (MCC), reconhecida por sua experiência na gestão de renda fixa global. Nesse segmento, também atuamos no Uruguai e Paraguai.

O Itaú Private Bank International também conta com escritórios em Nassau (Itaú Bank & Trust Bahamas Ltd.) e Georgetown (Itaú Bank & Trust Cayman Ltd.), incorporados sob robustos sistemas legais baseados em common law, que possibilitam a oferta de trustes e companhias offshore.

Com foco permanente no cliente, o Itaú Private Bank realizou investimentos em suas estruturas física e tecnológica. Expandiu o atendimento com a inauguração de novos escritórios em Belo Horizonte e Recife. Em tecnológica, atualizou a plataforma de atendimento a clientes, com foco em interface por meio de canais virtuais (Internet e mobile), como extensão do atendimento da equipe comercial.

Em 2012, recebeu diversos reconhecimentos pela excelência em sua atuação. Entre as principais publicações do segmento, foi reconhecido pelas revistas Euromoney, Private Banker International, The Banker e PWM (subsidiárias do Grupo Financial Times).

Itaú Uniclass Clique aqui e saiba mais sobre o Itaú Uniclass.
Itaú Personnalité Clique aqui e saiba mais sobre o Itaú Personnalité.
Private Bank Clique aqui e saiba mais sobre o Private Bank.
Itaú Empresas Clique aqui e saiba mais sobre o Itaú Empresas.

Empresas

As micro, pequenas e médias empresas passaram a ter papel de destaque na economia brasileira e representam uma das principais oportunidades de crescimento econômico e geração de renda para o país. Por isso, atendemos nossos clientes corporativos com uma rede de agências exclusiva e infraestrutura tecnológica de ponta.

O atendimento a pequenas e médias empresas conta com o gerente de Relacionamento, que atua como consultor-financeiro, e também com especialistas em produtos – profissionais especializados em ativos, cash management, comércio exterior, seguros, investimentos e derivativos.

Para tanto, as equipes que atendem (direta ou indiretamente) pequenas e médias empresas contam com o programa de Certificação Itaú Empresas (Ciemp). Desenvolvido em parceria com a Fundação Getulio Vargas, tem como objetivo atestar o conhecimento das equipes em produtos para as empresas e temas transversais como sustentabilidade e ética. Em 2012 aproximadamente 1.400 colaboradores da área Empresas realizaram a prova. Além disso, todos os gerentes comerciais dispõem de certificação ANBIMA. GRI FS16

Temos também um papel importante na disseminação de conceitos de educação financeira para essas empresas, que necessitam saber a modalidade de crédito mais adequada para cada demanda. Além das ações e campanhas de comunicação que realizamos, nossas equipes estão capacitadas para explicar a diferença entre cada produto e apontar o mais indicado para cada tipo de cliente. GRI FS16

Um exemplo é o Projeto Extreme Makeover, realizado em parceria com a Itautec, a Claro Empresas e a Editora Globo e apoio da Alterdata e do Endeavor Brasil. O projeto oferece, sem custo, consultoria tecnológica, financeira e de sustentabilidade para um grupo de empresas selecionadas, com o objetivo de ajudá-las a fazer bom uso da tecnologia e das finanças para se modernizarem, facilitar a gestão e aumentar a eficiência. Em 2012, realizamos a sétima edição do projeto, e o desafio para os próximos anos é ampliar a capacidade do programa para atender um maior número de empresas. GRI FS5

Contribuímos também com a divulgação de informações relevantes para os empresários por meio de eventos e iniciativas estruturadas e alinhadas com nossas estratégias de negócio. Como patrocinador da Copa do Mundo de 2014, realizamos uma série de seminários nas 12 cidades que serão sede do evento abordando as oportunidades que o megaevento trará para as empresas. Tratamos de temas como "Impactos de infraestrutura", "Linhas de crédito do banco para a Copa" e "Legado da Copa". Os seminários contaram com os principais nomes da economia e do ramo de negócios esportivos do Brasil, como Ricardo Amorim, Marcelo Giannubilo e Caio Megale. Estiveram presentes aproximadamente 3.500 pessoas em mais de 18 horas de debates.

Outra iniciativa é um projeto feito em parceria entre o Itaú e o Grupo O Estado de São Paulo (OESP) focado nos pequeno e médio empresários e com base em três pilares: informação, capacitação de gestão e inclusão digital. Para isso, o Grupo OESP criou um caderno mensal, o Estadão PME, uma coluna semanal em seu portal e um programa de radio, além de realizar debates com o intuito de promover a troca de experiência entre os empresários. O Itaú convida seus clientes a conhecerem e participarem da iniciativa, como o curso de Capacitação de Gestão Estadão PME. GRI FS5

Nosso apoio às pequenas e médias empresas também se dá com o Projeto Visão de Sucesso, realizado em parceria com a Endeavor Brasil e com subsídio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para fomentar o desenvolvimento de negócios com foco na população de baixa renda. Em 2012, a primeira turma de empresários com influência direta na base da pirâmide social passou por um período de seis meses de capacitação em gestão empresarial. Na segunda fase, a partir de 2013, essa turma participará de workshops sobre sustentabilidade, produtos de crédito e soluções eletrônicas oferecidas pelo banco. Também está prevista para 2013 a formação de mais duas turmas de novos empresários. GRI FS5

Informações complementares GRI FS1, FS2, FS7 e FS8

Temos uma Política Setorial de Risco Socioambiental com condicionantes para empresas que incluem a Lista Restrita e a Lista Proibida. A análise de risco é feita por meio de pesquisas e avaliações de documentos, visitas no local e checklists setoriais. Passam pelo processo empresas classificadas como de médio e alto potenciais de risco, classificadas em A, B e C. Em 2012, esse processo foi recertificado pela ISO 9001, uma norma técnica de qualidade.

Após a análise, são emitidos pareceres socioambientais favoráveis ou desfavoráveis, ou são pedidas mudanças de práticas. Em 2012, foram dados 6.527 pareceres. Desses, aproximadamente 98% eram favoráveis.

Ainda no âmbito socioambiental, oferecemos repasses da Linha Agro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar projetos que reduzam as emissões de gases de efeito estufa, e o Financiamento Socioambiental Inter-American Investment Corporation (IIC), voltado a pequenas e médias empresas com boas práticas e que estejam de acordo com os critérios socioambientais do Itaú Unibanco e do ICC.

Financiamento imobiliário

Entre os bancos privados brasileiros, somos o líder no financiamento de imóveis. Em dezembro de 2012, tínhamos uma carteira de R$ 25,8 bilhões em crédito imobiliário, já considerando a cessão de R$ 389,5 milhões de nossa carteira para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Esse é um produto para o qual dedicamos nosso foco por:

  • Estar alinhado com nossa estratégia de investir em negócios com menores riscos.
  • Contribuir para o desenvolvimento social e patrimonial de nossos clientes.
  • Ser um instrumento de fidelização, uma vez que nesse segmento as relações estabelecidas geralmente são de longo prazo.

A seguir indicamos o volume de contratações.

Volumes de Contratações

R$ Milhões
  2012 2011 2010
Mutuários 7.480
7.742 4.427
Empresários 5.531 9.752 6.917
Total 13.010 17.495 11.343


Pessoas físicas

A carteira de pessoas físicas totalizou R$ 18.437 milhões no final de 2012, uma evolução de 31,8% em relação ao ano anterior. Em 2012, realizamos financiamentos para mais de 26 mil clientes.

Pessoas jurídicas

Para pessoas jurídicas, concedemos crédito imobiliário por meio do Plano Empresário. Trata-se de uma linha de crédito disponível às empresas do segmento de construção de civil (incorporadores e construtores) para empreendimentos de unidades residenciais ou comerciais. A carteira de pessoas jurídicas fechou o ano com R$ 7.790 milhões. Em 2012, concedemos financiamentos para 119 empresas.

Para atender nossos clientes, além da rede de agências, dispomos de diversos canais comerciais. Formamos, por exemplo, parcerias com grandes corretoras imobiliárias do Brasil, como a Lopes e a Coelho da Fonseca, que originam, com exclusividade, financiamentos imobiliários em diferentes municípios do Brasil.

Durante o último ano, implementamos plataformas sistêmicas mais robustas para atender nossos clientes de forma ágil e criamos serviços de conveniências, como seguro-desemprego e parcerias com assessorias imobiliárias, para auxiliar no processo de contratação. Nosso processo de análise e aprovação de crédito tornou-se ainda mais eficiente, rápido e foi certificado pela ISO 9001.

Além dessas iniciativas, implantamos um novo processo de envio dos documentos digitalizados para dar mais agilidade ao atendimento. Para 2013, há o projeto em que os clientes poderão inserir os documentos para contratação do crédito imobiliário pela internet. Esse processo já existe para empresas que são clientes do banco e será estendido às pessoas físicas.

Financiamento Imobiliário Clique aqui para saber mais sobre nossos produtos para financiamento imobiliário.

Informações complementares GRI FS1, FS2 e FS3

Por meio de um plano empresário, buscamos mitigar possíveis riscos de passivos ambientais ou o descumprimento de legislações relacionadas a aspectos socioambientais de empreendimentos. Aplicamos três questionários, que abordam aspectos socioambientais da empresa, do empreendimento e do terreno. Se identificado algum risco financeiro, ambiental ou de imagem, a operação passa por análise de áreas responsáveis. Em casos de contaminação ou falta de licença ambiental, a área socioambiental é acionada para auxiliar no parecer final.

Os contratos de financiamentos incluem cláusulas que reforçam a Política Nacional do Meio Ambiente e as determinações da Constituição Federal. Entre os temas, destacam-se: trabalho infantil; populações tradicionais, povos indígenas e quilombolas; impactos na biodiversidade; impactos em fontes hídricas, entre outros. Também exigimos que tomadores de crédito atentem-se às normas trabalhistas relacionadas à saúde e à segurança ocupacional. E não concedemos financiamento a empresas que descumpram as exigências legais ou que estejam listadas no cadastro nacional de empregadores por manter trabalhadores em condições análogas à de escravo.

Gestão de recursos de terceiros GRI FS2, FS4 e FS16

A Itaú Asset Management é especializada na gestão de recursos de clientes em fundos de investimento. Ocupamos a liderança entre os bancos privados no Brasil com 14,6% de participação de mercado (segundo ranking da ANBIMA disponibilizado em dezembro de 2012) e somos especialistas no segmento da América Latina. No fim de 2012, registramos um total de ativos líquidos sob gestão de R$ 329,7 bilhões.

Realizamos também um rigoroso controle de análise dos riscos, por meio de uma equipe especializada que oferece suporte aos gestores de recursos, e adotamos diferentes estratégias de investimento para assegurar o desempenho e respeitar o perfil de cada cliente investidor.

A implantação e execução de práticas sustentáveis são responsáveis por gerar boas práticas de relacionamento e contribuir para a performance sustentável. Por isso, desenvolvemos uma metodologia própria para integrar questões ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) na avaliação de empresas investidas com o objetivo de precificar os riscos e oportunidades que possam impactar o valor de mercado delas. GRI FS11

It Now – os ETFs do Itaú Unibanco

Os fundos conhecidos pela sigla ETF (Exchange Traded Fund) são uma categoria de investimento com cotas negociadas em bolsa. Nossos produtos com essas características são oferecidos com a marca It Now.

Destaques de 2012:

  • Lançamos o It Now IMAT – MATB11, que replica o índice de materiais básicos da BM&FBovespa.
  • Lançamos o It Now IDIV – DIVO11, que segue o índice de dividendos (reúne as empresas com o melhor retorno ao acionista na forma de dividendos) da BM&FBovespa.
  • Reformulamos o PIBB11, primeiro ETF do mercado brasileiro, que passou a ser denominado It Now PIBB IBrX-50. A mudança atende à demanda dos investidores e alinha o produto aos conceitos mais modernos de operação e gestão.

Somos responsáveis também, desde 2011, pela gestão de dois ETFs de investimentos socialmente responsáveis, que reúnem papéis de empresas reconhecidas por boas práticas socioambientais e de governança corporativa listadas na BM&FBovespa:

  • It Now ISE – ISUS11 (Índice de Sustentabilidade Empresarial)
  • It Now IGTC – GOVE11 (Índice de Governança Corporativa)

A ampliação do portfólio, por meio desses dois produtos, contribui para fomentar o mercado de fundos que levam em conta os desempenhos ambiental e social das empresas investidas.

    Nossos fundos socioambientais são:

  • Itaú Excelência Social (FIES)
  • Itaú Ecomudança
  • Itaú Futura DI
Fundos de investimento socialmente responsável

Outro importante esforço focado no desenvolvimento sustentável é a oferta de fundos socioambientais em portfólio. Esses fundos direcionam seus investimentos para ações de empresas com boas práticas ambientais, sociais e de governança corporativa – alguns repassam parte da receita da Itaú Asset Management para projetos voltados à educação e à preservação ambiental.




Informações complementares GRI FS1, FS2, FS5 e FS12

Adotamos uma metodologia própria para identificar riscos e oportunidades ambientais, sociais e de governança corporativa e definir o valor de mercado das empresas investidas. Fundos de renda variável com gestão ativa já integram esse mecanismo em processos de avaliação de seus investimentos.

Também contamos com a Política de Exercício do Direito de Voto em Assembleias de Empresas Investidas (Política de Proxy Voting – disponível em www.itauassetmanagement.com.br), que fornece parâmetros de governança corporativa para serem considerados pelos gestores nas votações. Ela está alinhada ao código de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) e reforça o nosso compromisso em influenciar positivamente a gestão das empresas. Os gestores escolhem seus clientes levando em consideração o mandato dos fundos e seu dever fiduciário.

Além disso, como signatários do PRI, patrocinamos em 2012 o encontro anual dos signatários dos Princípios para o Investimento Responsável (PRI), da Organização das Nações Unidas (ONU), uma ação que reuniu presidentes, diretores e executivos responsáveis por grandes investidores institucionais e asset managers do mundo.


Itaú Asset ManagementClique aqui e saiba mais sobre o Itaú Asset Management.
Investimento Socialmente ResponsávelClique aqui os fundos de investimento socialmente responsável.

Soluções para mercado de capitais

A área de Soluções para Mercado de Capitais possui quatro linhas de negócios e tem como principais clientes: fundos de pensão, asset management, investidores internacionais e empresas de capital aberto e fechado, totalizando 1.600 clientes distribuídos em 21 países. Em dezembro de 2012, atingimos R$ 3,2 trilhões de ativos sob serviços.

Nossas principais linhas de negócio são:

  • Custódia local e administração fiduciária – oferecemos as soluções de custódia e controladoria para carteiras, fundos de investimentos, serviços de administração de fundos de investimento e enquadramento e contratação de prestadores de serviços. Encerramos dezembro de 2012 com um total custodiado de R$ 725,3 bilhões de ativos sob custódia, o que representa um aumento de 23% em relação ao mesmo período de 2011.
  • Custódia internacional – oferecemos os serviços de custódia e representação para investidores não residentes, custódia de programas de American Depository Receipt (ADR) e também atuamos como depositário de programas de Brazilian Depository Receipt (BDR). Encerramos dezembro de 2012 com um total de R$ 214,4 bilhões de ativos sob custódia, o que representa um decréscimo de 7% em relação ao mesmo período de 2011.
  • Soluções para corporações – oferecemos diversas soluções para o mercado de capitais, como escrituração de ações e debêntures, liquidação e custódia de notas promissórias e outros ativos de renda fixa. Atualmente, somos responsáveis pelo registro de 229 empresas listadas na BM&FBovespa, representando 62,9% do total. Além disso, em dezembro de 2012, fomos escrituradores de 307 debêntures emitidas no mercado, o que representa 47,4% da indústria. Também atuamos como agente de garantias das empresas, melhorando a experiência com os produtos do mercado de capitais.

Em 2012, a área de Soluções para Mercado de Capitais recebeu prêmios importantes desse mercado. Fomos eleitos pela revista Global Custodian como Melhor Custodiante no Brasil tanto para clientes locais (quinto ano consecutivo) como internacionais (quarto ano consecutivo), e fomos reconhecidos pelo segundo ano consecutivo como Melhor Custodiante da Região (América e Caribe) para clientes internacionais. Também nesse ano, fomos reconhecidos pela Global Finance como Melhor Custodiante do Brasil para os clientes internacionais. Nosso modelo de gestão foi avaliado pelo Instituto Paulista Excelência da Gestão, sendo premiado com a medalha de ouro do Prêmio Paulista de Qualidade de Gestão.

Corretagem

A Itaú Corretora de Valores S.A. (“Itaú Corretora”) atua na BM&FBovespa desde 1965 prestando serviços a clientes locais e estrangeiros por meio de nossas operações em Nova York, Hong Kong e Dubai.

Em 2012, a Itaú Corretora foi classificada em quinto lugar na BM&FBovespa, em termos de volume negociado e em quarto lugar, em número de contratos de commodities e derivativos.

Seguros, previdência e capitalização

Nossa área responsável pela oferta de planos de seguros, previdência e capitalização teve atuação destacada durante o ano de 2012 na busca pela simplificação de processos, pelo aumento da eficiência, pela redução dos custos operacionais e pelas melhores soluções aos clientes. No ano, os prêmios ganhos cresceram 13%, atingindo R$ 5,4 bilhões, e as reservas técnicas alcançaram R$ 93,2 bilhões, 26,3% a mais que o ano anterior.

O lucro líquido recorrente do banco no segmento de seguros, previdência e capitalização foi de R$ 1,9 bilhão em 2012.

Receitas de Operações de Seguros, Previdência e Capitalização

1. Provisão Técnica de Seguro, Previdência e Capitalização referente ao saldo relativo ao fim do respectivo ano.
2. Receitas de Operações de Seguros, Previdência e Capitalização (-) Despesas com Sinistros (-) Despesas de Cormecialização de Seguros, Previdência e Capitalização.

Seguros

No setor de seguros, somos um dos maiores grupos do Brasil, com participação de 13,3% no mercado, incluindo nossa participação na Porto Seguro, segundo dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep). Os principais segmentos em que atuamos são os de seguro de vida e acidentes pessoais, garantia estendida e danos materiais. As apólices de seguros residenciais e de veículos são vendidas pela Porto Seguro, empresa da qual detemos 30,3% de participação acionária. Para grandes clientes empresariais, oferecemos, por intermédio da área de Soluções Corporativas, atendimento diferenciado e produtos específicos para projetos de construção civil, química e petroquímica, geração de energia, infraestrutura, transporte, aviação, entre outros.

Durante o ano de 2012, um dos principais desafios da área foi reestruturar seus processos para que os produtos oferecidos aos clientes pudessem ser mais claros e adequados às suas necessidades. Dessa maneira, conseguimos reduzir o número de cancelamentos de apólices e aumentar a satisfação dos clientes. Para pessoas físicas e pequenas e médias empresas, simplificamos nosso portfólio e adotamos apólices eletrônicas para prestarmos um atendimento mais ágil. GRI FG Setorial

Os desafios a partir de 2013 estão relacionados a proporcionar crescimento da receita e de participação de mercado mediante oferta de produtos de nosso portfólio por novos canais de distribuição com a mesma preocupação em manter um relacionamento transparente e claro com nossos clientes, além da redução do número de cancelamento das apólices. Uma de nossas iniciativas é conscientizar o mercado para a importância da contratação do seguro prestamista, que garante o pagamento da dívida na tomada de crédito no caso de morte ou invalidez do segurado. GRI FG Setorial

Ainda no último ano, realizamos um extenso trabalho que apontou as diretrizes da nova identidade de nosso negócio, com reflexos na gestão de processos e na comunicação com os clientes. Essa nova identidade foi apresentada a mais de 1.500 colaboradores e, nos próximos anos, vai contribuir para mudar a relação da sociedade brasileira com o mercado de seguros, permitindo que nos tornemos referência na categoria.

Em 2012, nossa evolução dos prêmios ganhos em seguros foi de 14,2%, atingindo R$ 4,5 bilhões. A margem de Underwriting sobre os Prêmios ganhos foi de 39,0% em dezembro de 2012, diante dos 42,7% obtidos em dezembro de 2011.

Evolução dos Prêmios Ganhos (R$ milhões)

Avançamos ainda na adoção de conceitos de sustentabilidade que marcaram nossa atuação no mercado. Fomos uma das primeiras empresas a aderir aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros (PSI, na sigla em inglês). Veja mais sobre o PSI.

 
Alguns de nossos produtos alinhados com nossos focos estratégicos de sustentabilidade:
 
 
  • Seguro de Responsabilidade Civil Ambiental – em 2012, trabalhamos no aperfeiçoamento das modalidades do Seguro de Responsabilidade Civil Ambiental. As modalidades, denominadas de Operações Industriais e de Prestadores de serviços e/ou empreiteiros, abrangem atividades econômicas importantes para o desenvolvimento do país. Realizamos treinamentos pilotos com clientes e corretores, abordando conceitos jurídicos, aspectos técnicos relativos a danos ambientais e regras de funcionamento do seguro. Em 2013, trabalharemos de forma estruturada o novo contrato do produto, contribuindo para divulgar essa nova tipologia de seguro. GRI FS8
  • Itauvida Mulher – parte da receita dos seguros de vida individual vendidos para mulheres é direcionada aos programas do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), instituição referência em oncologia no estado de São Paulo, afirmando o comprometimento da Itaú Seguros com as melhores práticas de sustentabilidade social via apoio a esse relevante trabalho de conscientização, pesquisa, prevenção, diagnóstico precoce e tratamento do câncer. GRI FS7
  • Itaú Proteção Microcrédito – criado e implantado em 2012, é um seguro prestamista que garante o pagamento do saldo devedor em caso de morte ou invalidez por acidente do tomador do crédito. Além das coberturas principais, o seguro garante quatro pagamentos no valor de R$ 100,00 em auxílio-alimentação e assistência-funeral completa para o tomador do crédito. Possui material de comunicação simplificado, processo de regulação de sinistro feito por meio de imagens, diminuindo o prazo de análise e colaborando para a economia de papel. GRI FS7
 
  • Seguro Itaú Viagem – o produto, líder de mercado em 2012, passou a ser comercializado em canais de autoatendimento, com destaque para o internet banking e o aplicativo Itaú Mobile. Pode ser contratado também por meio de contas-correntes pessoa jurídica de pequenas e médias empresas, garantindo que proprietários, sócios e familiares contem com essa proteção. As apólices corporativas de grandes empresas são oferecidas em atuação conjunta com corretores, brokers e Itaú BBA.
  • Itaú Seguro Cartão Protegido – simplificamos o produto para proteção de cartões de crédito, débito ou múltiplo. As apólices tiveram aperfeiçoamento do material pós-venda e, com modelo mais moderno, linguagem simples e de fácil compreensão, tornou-se mais interessante para o cliente. Com o novo pós-venda, reduzimos a quantidade de folhas impressas e o material utilizado, permitindo melhoria no custo de confecção.
 
         


Informações complementares GRI FS1, FS2 e FS3

Em dezembro de 2012, publicamos nossa Política de Risco Socioambiental, que foi adaptada para as particularidades do nosso negócio e inclui diretrizes sociais e ambientais aplicáveis às operações de seguro para pessoas jurídicas.

Já monitoramos frequentemente aspectos socioambientais das quatro linhas de negócio comercializadas (Garantia, Responsabilidade Civil, Patrimonial e Transporte) por meio da área de Seguro de Responsabilidade Civil Ambiental.

A partir de 2013, com a instituição da política, implantaremos processos que garantam o seu cumprimento, independentemente do produto contratado. Questões que envolvem a utilização de mão de obra ou trabalho em condições análogas à de escravo, de mão de obra ou trabalho infantil e de práticas de prostituição serão foco para a avaliação do risco. Consequentemente, sempre que necessário, será feito um monitoramento periódico de ajustes de práticas nas operações dos clientes.



Previdência privada

A inovação em produtos tem sido importante para o crescimento sustentável das nossas operações de previdência privada. Em novembro de 2012, segundo dados da Susep, atingimos a marca de 25% em participação no mercadoem reservas, considerando todas as modalidades, o que evidencia um crescimento acima da média do mercado.

A qualidade da nossa carteira reflete-se em resultados financeiros. Em um cenário de juros menores, a diversificação em produtos garantiu boas alternativas para os nossos clientes que buscam retornos diferenciados em relação aos planos de renda fixa tradicionais. Em 2012, lançamos a nova família de dividendos, produto que tem sua carteira composta por 45% em um fundo que replica, de forma passiva, a carteira teórica do Índice de Dividendos da BM&FBovespa, e 55% em uma alocação ativa num fundo de renda fixa com objetivo de superar a carteira teórica formada pelo Índice Geral Ex-C.

Em 2012, a captação total de nossos planos de previdência atingiu R$ 19,4 bilhões, aumento de 50,9% em relação ao ano anterior.

Evolução da Captação Total e Líquida (R$ milhões)

Nos planos de previdência para pessoas jurídicas, oferecemos assessoria especializada e desenvolvemos soluções personalizadas para cada empresa. Estabelecemos parcerias de longo prazo com nossos clientes corporativos, mantendo um relacionamento próximo com a área de Recursos Humanos e adotando estratégia de comunicação voltada para educação financeira dos seus colaboradores.

Realizamos ainda duas grandes campanhas de comunicação voltada para a conscientização de nossos clientes. A primeira, com foco em planos para menores de idade, contou com simuladores por meio do portal Invista com o objetivo de mostrar os benefícios da contribuição mensal para a acumulação futura de recursos. A campanha contou também com mídias na internet e impressas e nos trouxe mais de 67 mil novos planos. A segunda campanha, iniciada em dezembro de 2012, conta com foco em PGBL e os benefícios fiscais providos pelo produto.

Capitalização

Nosso título de capitalização é o PIC, um produto de sorte. Ao adquiri-lo, o cliente concorre a sorteios periódicos durante a vigência do título e, no fim, resgata o valor acrescido de Taxa Referencial (TR). Ele pode ser comprado por meio de pagamento único ou mensal, de acordo com o perfil e o interesse do comprador.

Em linha com nossa estratégia de construir um relacionamento transparente com nossos clientes, promovemos uma reformulação no PIC para que ele tenha vigência menor, mais clientes sorteados e valores de premiação mais altos. Em 2012, 4.177 clientes foram sorteados, distribuindo um valor total de R$ 36,6 milhões em prêmios. O produto também foi lançado para pessoas jurídicas por meio do PIC Empresas.

Nosso resultado no segmento de capitalização, no ano de 2012, foi de R$ 282 milhões. No mesmo período, a quantidade de títulos vigentes atingiu 11,8 milhões.

Repassamos também um percentual da renda obtida com a venda de títulos de capitalização à Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). Durante o ano, esses repasses totalizaram R$ 2,2 milhões. A parceria com a entidade foi encerrada em junho.

Evolução do Lucro Líquido da Capitalização

Nota: o resultado de capitalização está líquido de despesas com sorteio.
Seguros Clique aqui e saiba mais sobre Seguros .
Investimentos e previdência Clique aqui e saiba mais sobre Investimentos e previdência.
Capitalização Clique aqui para saber mais a respeito de capitalização.

Operações internacionais

Estamos presentes em 19 países além do Brasil, dos quais 7 estão na América Latina. Na Argentina, no Chile, no Paraguai e no Uruguai, atendemos a varejo bancário, empresas, corporate e tesouraria, com foco principal nas atividades de banco comercial. No México, atuamos no segmento de cartões de crédito. Também possuímos um escritório de representação do Itaú BBA no Peru e, em abril de 2012, obtivemos autorização para constituir o Itaú BBA Colômbia S.A. – Corporación Financiera.

A constituição dessa nova unidade ocorreu em junho com a injeção inicial de, aproximadamente, US$ 100 milhões. A licença de funcionamento foi emitida pela Superintendencia Financiera de Colombia em outubro, após uma capitalização complementar de aproximadamente US$ 100 milhões. A operação da unidade se intensificará de forma gradual ao longo de 2013.

Além de apresentar um nível de crescimento acima da média mundial, a América Latina é nossa prioridade na expansão internacional por causa da proximidade geográfica e cultural de seus países com o Brasil. Nosso propósito é sermos reconhecidos como o “banco da América Latina”, uma referência na região para todos os tipos de serviços financeiros prestados a pessoas físicas ou jurídicas.

Após ampliarmos nossos negócios na região de forma sustentável nos últimos anos, priorizaremos o ganho de escala, mantendo o forte vínculo ao mercado de varejo local e o fortalecimento de nosso relacionamento com as empresas locais. A crescente expansão de empresas brasileiras na região favorece nossa estratégia ao formar uma base de clientes para iniciarmos ou expandirmos nossas operações.

No Chile, onde priorizamos o mercado de alta renda, a estratégia de aquisições ao longo dos anos nos gerou grandes resultados. Em 2012, concretizamos a compra de 50% da Corretora de Bolsa da Munita, Cruzat & Claro (MCC), uma das líderes em gestão de patrimônio daquele país. Para 2013, com o objetivo de manter o ritmo de crescimento no segmento de varejo, planejamos a abertura de dez novas agências e mais dez em 2014.

Carteira de Crédito no Exterior1


1. Informações referentes às nossas maiores operações na América Latina (Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai)
2. Moeda corrente de 31 de dezembro de 2012. Nota: A eliminação do efeito da variação cambial foi obtida através da aplicação das taxas de câmbio de 31 de dezembro de 2012 para os períodos analisados.

No Paraguai, nossa atuação tem sido reconhecida pelo mercado e pelos bons índices de satisfação dos nossos clientes. Nossa marca foi considerada top of mind (mais lembrada) na categoria Bancos em uma pesquisa realizada pela consultoria AnEmp nos meses de janeiro e fevereiro de 2012. Recebemos o prêmio Beyond Banking, concedido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), pela série Aprendendo Economia e Finanças em 60 Segundos. No segundo trimestre, recebemos o prêmio World Best Bank Awards, da revista Global Finance.

No Uruguai, onde somos o segundo maior banco privado com relação a depósitos, recebemos o prêmio World’s Best Sub-Custodian Banks 2012, também da revista Global Finance. A OCA, maior empresa de cartões uruguaia, avançou seu plano de expansão para o interior do país, abrindo 15 pontos de atendimento em parceria com a rede de supermercados Ta-Ta.

Na Argentina, estamos na relação das 100 melhores marcas na categoria “Bancos y Tarjetas (Apertura)”.

A partir de 2013, começamos uma nova etapa de nossa estratégia de atuação e expansão na América Latina. Dando sequência aos esforços já realizados no último ano, continuaremos a investir na comunicação e divulgação de nossa marca nos países em que já atuamos, na ampliação de nosso portfólio de produtos e serviços com análise adequada dos riscos, em iniciativas de educação financeira para clientes e na consolidação de nossa cultura corporativa com nossos colaboradores.
Leia mais sobre sobre os segmentos em nosso MD&A.

Nossas principais operações na América Latina no acumulado de 2012 atingiram R$ 529 milhões em lucro líquido recorrente, R$ 145 milhões a mais que no acumulado de 2011. A margem financeira foi de R$ 1,6 bilhões.

O saldo da carteira de crédito de dezembro de 2012 evoluiu 40,9% (ou 23,2% em moeda corrente de dezembro de 2012) em relação a dezembro de 2011, atingindo R$ 27,1 bilhões.

Itaú BBA

O Itaú BBA é nosso banco de atacado, de investimentos e tesouraria institucional, responsável por nossas operações bancárias do segmento corporativo e de banco de investimentos. Por meio de uma equipe multidisciplinar e agilidade para realizar tanto operações típicas de um banco comercial quanto transações em mercados de capitais, fusões e aquisições, oferece atendimento completo a mais de 3 mil dos maiores grupos empresariais do Brasil, da Argentina, do Chile, da Colômbia e do Peru. Também atende cerca de 700 investidores institucionais e garante cobertura completa das matrizes de clientes internacionais por meio das unidades na Europa, nos Estados Unidos e na China.

Uma das frentes de atuação mais importantes para o Itaú BBA é o conjunto de iniciativas ligadas à melhoria da eficiência em nossas operações. As ações contínuas, que seguirão em processo de evolução nos próximos anos, estão ligadas a incremento das receitas, aperfeiçoamento dos processos e redução de custos.

Em um ano de acirramento da concorrência e redução das margens bancárias, a margem financeira totalizou R$ 5.334 milhões em 2012, atingindo um crescimento de 9,2% em relação ao ano anterior; em receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias, atingimos R$ 2.261 milhões, com crescimento de 6,5% em relação ao período anterior, mantendo nossa liderança nos principais rankings analisados, em volume e qualidade.

Riscos e oportunidades socioambientais GRI EC2

Por meio do Itaú BBA somos o único representante de bancos de países latino-americanos no Comitê Diretivo dos Princípios do Equador, conjunto de critérios e diretrizes baseados nas melhores práticas de mercado para avaliação de risco socioambiental em financiamento de projetos.

O diferencial do nosso modelo de atuação é a preocupação em contribuir para geração de valor aos clientes em vez de apenas criar barreiras proibitivas na concessão do crédito sem a completa análise do projeto desde sua concepção. Apoiar o cliente na identificação dos riscos em fases preliminares, oferecendo soluções mitigantes baseadas nas melhores práticas de mercado para esses riscos, permite ao cliente desenvolver suas atividades a fim de garantir a perenidade do seu fluxo de caixa e assegurar a sustentabilidade financeira e reputacional de nossa instituição.

Além disso, provemos assessoria aos nossos clientes, adotando dessa maneira uma postura proativa. Antecipar as necessidades dos nossos clientes de administrar riscos socioambientais em projetos agrega mais valor a nossa atividade e possibilita que o cliente trate de questões cruciais em termos de risco socioambiental antes que o projeto atinja uma fase avançada.

Para tornar a gestão de risco socioambiental uma prática capilar em nossa organização, procuramos conscientizar os nossos profissionais por meio de treinamentos sobre o tema e sobre a importância da variável socioambiental para a tomada de decisões. Dada a nossa posição de destaque no sistema financeiro, somos procurados por outros bancos, inclusive internacionais, para difundir nossas práticas.

Estamos também nos capacitando internamente para lidar com os movimentos da indústria para adaptação e mitigação dos efeitos das mudanças climáticas em suas atividades. Em 2012 oferecemos treinamento interno para profissionais das áreas de produtos, jurídica e project finance para aprimorar nossa capacidade em oferecer novos produtos com base no mercado de crédito de carbono. GRI EC2

Nossos esforços para capacitação dos profissionais do banco no tema de risco socioambiental atravessaram fronteiras esse ano. Fomos até o Itaú BBA Chile treinar os profissionais das áreas Comercial, Produtos, Crédito e Jurídico do Itaú BBA Chile sobre os Princípios do Equador e suas implicações. Além de estruturarmos, em conjunto com os gestores dessas áreas, procedimentos para avaliação de projetos financiados na modalidade project finance sob a ótica dos Princípios do Equador. GRI FS2 e FS4

Informações complementares GRI FS1, FS2 e FS3

A nossa política de risco socioambiental é aplicada para operações de crédito no território nacional e com clientes do Itaú BBA sediados no Brasil, e contém diretrizes para mitigar potenciais riscos de imagem – legais ou de créditos – em que possamos estar expostos no processo de concessão de crédito.

Não realizamos operações de crédito com empresas enquadradas na Lista Proibida – ou seja, que incentivem direta ou indiretamente a prostituição, utilizem mão de obra infantil de forma prejudicial ou exploratória ou que façam parte do cadastro nacional de empregadores que tenham mantido trabalhadores em condições análogas às de escravo. Para as empresas que desempenham atividades com maior potencial de risco socioambiental – como produção ou comércio de armas de fogo, munições e explosivos; extração e produção de madeira, lenha e carvão vegetal provenientes de florestas nativas; atividades pesqueiras; e extração e industrialização de asbesto/amianto –, analisamos a conformidade do cliente com a diretriz setorial aplicável e emitimos um parecer para subsidiar a decisão do Comitê de Crédito.

Nos financiamentos de projetos de longo prazo na modalidade Project Finance – com valor igual ou superior a US$ 10 milhões – considera-se adicionalmente o atendimento aos Princípios do Equador. As empresas são avaliadas no momento da contratação e durante todo o prazo do contrato de financiamento, por meio de um plano de ação anexo ao contrato.

Banco comercial para grandes empresas

A estratégia de atuação do banco de atacado do Itaú BBA é atuar de maneira ágil e diferenciada para atender a todas as demandas de seus clientes. Realizamos e oferecemos os melhores produtos e serviços para cada necessidade das empresas. Por isso, efetuamos uma segmentação de acordo com o perfil de nossos clientes. GRI FG Setorial

Nossa carteira de crédito (com avais e fianças) apresentou crescimento de 15,5% em 2012, atingindo R$ 158,5 bilhões. Na área de derivativos, mantivemos a posição de líder na Cetip em operações registradas no balcão com empresas. O volume de operações contratadas de janeiro a dezembro de 2012 foi 36,7% maior que em 2011.

Na área de Project Finance, no qual auxiliamos nossos clientes em seus programas de desenvolvimento, encerramos o ano com a participação em 72 projetos. Fomos contratados para trabalhar na estruturação e assessoria, com um total de investimentos que supera os R$ 103 bilhões em diversos setores como infraestrutura, energia e óleo e gás.

Entre os serviços que prestamos para nossos clientes corporativos estão ainda assessoria de cash management, importação e exportação e crédito imobiliário.

Pelo quinto ano consecutivo, o Itaú BBA foi escolhido pela revista Euromoney como “O Melhor Banco de Cash Management do Brasil” e está entre os três melhores na categoria Best Regional Cash Management Latam. Para definir os melhores do segmento, a revista avalia a qualidade do serviço, o suporte técnico, o conhecimento na área, o comprometimento e a inovação de acordo com a percepção das empresas clientes.

Banco de investimentos

Nosso banco de investimentos atua para auxiliar empresas em seus esforços de captação de recursos via instrumentos de renda fixa e variável, nos mercados de capitais públicos e privados e em serviços de assessoria em fusões e aquisições. O sucesso dessa estratégia está atrelado ao nosso processo gradual e orgânico de internacionalização, permitindo que sejamos reconhecidos pelas matrizes das companhias na Europa e nos Estados Unidos como especialistas no mercado latino-americano.

Além disso, nossa capacidade de integrar as operações na região da América Latina faz com que nossa presença seja reconhecida como a de um banco ágil e de grande porte. Leia mais sobre sobre os segmentos em nosso MD&A.

Em 2012, pela terceira vez, o Itaú BBA foi reconhecido como “O Banco de Investimento Mais Inovador da América Latina” em premiação concedida pela revista inglesa The Banker, do grupo Financial Times.

Itaú BBA no exterior

Líder em seu segmento no mercado brasileiro, o Itaú BBA intensificou em 2012 sua estratégia de internacionalização. Na América Latina, com capital de US$ 200 milhões, o banco deu início às suas operações na Colômbia, país que oferece boas oportunidades de crescimento, condições políticas e cenário econômico estáveis. O objetivo é desenvolver gradativamente um escopo de atuação similar ao que realizamos no Brasil.

Na Europa, iniciamos a operação de transferência da sede do banco de Portugal para Londres, o que possibilitará melhor acompanhamento das empresas latino-americanas que realizarem operações no continente europeu, assim como o atendimento às companhias europeias multinacionais com necessidades na América Latina. Com a transferência da sede do Itaú BBA International para Londres, a principal praça financeira europeia, pretendemos reforçar em 2013 o posicionamento da unidade como plataforma internacional do Itaú Unibanco, ampliando a base de clientes e permitindo melhor rentabilidade dos financiamentos obtidos nos mercados interbancários e de capitais.

Nossas atividades bancárias, sob a estrutura do Banco Itaú BBA International S.A., são desenvolvidas em Portugal, no Reino Unido, na Suíça e em Luxemburgo. Fora da Europa, estamos em Miami, Ilhas Cayman e Bahamas, com foco principalmente em atividades internacionais de corporate e banco de investimentos, mercado de capitais e private banking, em estreita cooperação com as instituições e áreas do conglomerado que, no Brasil, coordenam essas atividades. Também prestamos serviços aos nossos clientes na Ásia, especialmente na China, por meio do escritório de representação do Itaú BBA em Xangai. Veja mais sobre a frente socioambiental do Itaú BBA.

Crédito ao consumidor

Cartão de crédito

Somos líderes no segmento de cartões de crédito no Brasil por meio da Itaucard, da Hipercard, das associações e dos acordos comerciais com importantes varejistas que atuam no mercado brasileiro, totalizando 33,3 milhões de contas de clientes correntistas e não correntistas. O segmento reúne a operação de cartões de crédito e os serviços financeiros oferecidos por meio de parcerias com redes varejistas. Nossa segmentação organiza os canais de distribuição em operações dedicadas a rede de agências, canais diretos e associações.

O valor transacionado em 2012 totalizou R$ 174,5 milhões, acréscimo de 13,2% em relação ao ano anterior, e as contas de cartão alcançaram 33,3 milhões no mesmo período.

Valor Transacionado Cartão de Crédito
(R$ bilhões)

Obs.: Não são considerados os produtos de Empréstimo Pessoal e Crédito Direto ao Consumidor; Para efeito de demonstração, os volumes e resultados aqui apresentados incluem a parcela de correntistas, embora sejam segmentados na demonstração de resultado Pro Forma na coluna “Banco Comercial”.

Com foco na melhoria da eficiência, evoluímos no projeto de reestruturação da área de crédito ao consumidor. Foram consolidadas diferentes plataformas e revisados diversos processos relacionados à oferta de produtos. O projeto contemplou a criação de indicadores para avaliar custos e despesas, contribuindo para a melhoria do nosso índice de eficiência, a diminuição do número de reclamações e a nossa capacidade de dar soluções mais rápidas às demandas de nossos clientes.

Mantivemos os investimentos na otimização de nosso portfólio, focando em negócios com uma base de clientes maior e de alta qualidade. Concluímos a aquisição de 49% do Banco Carrefour, responsável pela oferta e distribuição de diversos produtos e serviços financeiros nos canais de distribuição operados com a bandeira “Carrefour” no Brasil. Seguindo a diretriz do banco de focar em negócios que estejam alinhados com nossas atividades fins, vendemos a operação de processamento de cartões de crédito da Orbitall. Com o objetivo de melhorar a satisfação de clientes, iniciamos uma iniciativa que visa estabelecer políticas e processos de atendimento para solução de problemas e ocorrências com qualidade superior aos padrões de mercado. Demos continuidade também ao Programa Erro Zero, visando otimizar nossos processos e eliminar erros. O grande diferencial desse programa é um processo de melhoria contínua desenvolvido pelos colaboradores, totalmente alinhada com o Nosso Jeito de Fazer.

Informações complementares GRI FS5 e FS8

Por meio do Programa Transparência 100%, buscamos oferecer produtos e serviços cada vez mais acessíveis aos nossos clientes para que eles possam utilizá-los com segurança, tranquilidade e conhecimentos sobre todas as informações do produto que estão adquirindo.

O programa oferece, por exemplo, informações e demonstrativos em linguagem mais simples e trabalha com o crédito consciente a fim de evitar o superendividamento dos clientes.

Pensando em contribuir com as gerações de benefícios ambientais, desenvolvemos o Cartão de Crédito Itaucard Ipiranga Carbono Zero, em que parte do faturamento proveniente de abastecimento de veículos nos Postos Ipiranga é reinvestida em reflorestamento.


Itaucard 2.0 GRI FS7

O Itaú Unibanco, dentro de sua filosofia de orientar o uso consciente do crédito, vem consistentemente trabalhando para oferecer alternativas de crédito por meio do cartão com taxas menores do que as praticadas pelo mercado há algum tempo.

Em agosto de 2012, lançamos o Itaucard 2.0, um produto inovador que possui uma dinâmica de cálculo de juros mais alinhada às práticas internacionais, com taxas de juros mensais mais baixas que as praticadas no mercado (taxas nominais máximas de 5,99%). Outra diferença significativa é que o cálculo dos juros é feito a partir da data da compra realizada, sendo mais vantajosa para o cliente na maioria das situações de atraso do pagamento ou pagamento mínimo da fatura.

Essa mudança na forma de se apurar os juros das compras feitas com o cartão foi resultado de um projeto que consumiu 18 meses de trabalho, envolvendo extensa pesquisa das áreas de produtos e avanços na área de tecnologia para que fosse possível desenvolver, testar e lançar o produto com tempestividade dentro do cenário econômico de mudança no país. Nesse mesmo ano, o mercado passou por um movimento de redução nas taxas de juros cobradas nos produtos de cartão de crédito.

O lançamento do Itaucard 2.0 também foi precedido por consultas aos órgãos reguladores de defesa do consumidor, que contribuíram com sugestões de melhoria, iniciativa citada como referência para demonstrar nossa transparência e disposição para o diálogo. No relacionamento com os clientes, investimos para que o extrato ficasse mais fácil de ser entendido e os termos do contrato fossem mais simples e objetivos; criamos canais de comunicação que explicassem em detalhes o funcionamento do novo produto e treinamos nossas equipes de vendas e atendimento para responder a todas as dúvidas dos consumidores. Lançamos um hotsite com simulações que mostram quando o uso do cartão é vantajoso, vídeos explicativos e seções com respostas às dúvidas mais frequentes. Como iniciativa para aumentar ainda mais o nível de transparência do produto, o cliente tem até 90 dias para testar o Itaucard 2.0 e, caso não se adapte a ele, pode voltar a ter o cartão tradicional.

As faturas do cartão orientam o cliente a não utilizar o crédito rotativo antes de optar por outra forma de financiamento mais barata e conveniente.

Leia mais sobre sobre os segmentos em nosso MD&A.

Financiamento de veículos

Somos líderes no financiamento de veículos leves, motocicletas e caminhões no Brasil, com uma carteira que soma R$ 57,3 bilhões – nosso terceiro maior segmento de crédito. Esse montante representa a concessão de recursos para um quinto dos carros vendidos sob regime de arrendamento – leasing e Crédito Direto ao Consumidor (CDC) – no país, garantindo uma participação de mercado de aproximadamente 17%.

Em 2012, o percentual de entrada dos planos foi de 36%, e o prazo médio foi de 42 meses.

Contudo, o desempenho do mercado automotivo em 2012 esteve abaixo do projetado pelos fabricantes em razão do baixo crescimento da economia brasileira e do aumento do endividamento das famílias. Outro reflexo desse cenário foi a elevação da inadimplência, que também trouxe desafios para o nosso desempenho. Com o objetivo de estimular o financiamento de veículos, o governo brasileiro lançou mão de medidas macroeconômicas como redução do IOF, de taxas do BNDES para Finame e do IPI.

Com base nas tecnologias que temos e nas análises que realizamos da conjuntura econômica e das tendências de mercado, pudemos identificar os movimentos de deterioração na área de arrendamento e financiamento de veículos ainda no começo do ano. Assim, ajustamos nossos processos de tomada de decisão e realizamos as mudanças nas métricas de concessão desse tipo de crédito para que refletissem a nova realidade e minimizassem os riscos.

Financiar veículos, além de ser um importante propulsor da economia nacional, também é um segmento que exige constante aperfeiçoamento em suas estratégias e políticas. Com maiores exigências de garantia e adequação dos produtos e serviços, nossas operações voltaram a apresentar índices de riscos e custos alinhados às melhores práticas do mercado. Nosso esforço para a readequação da concessão de crédito nesse segmento incluiu iniciativas que tiveram impacto na análise do perfil dos consumidores e das oportunidades de negócio.

Informações complementares GRI FS1, FS2 e FS3

Contamos com uma política para avaliar os riscos e os impactos socioambientais das atividades de empresas que solicitam financiamento de veículos. Por meio dela, criamos instrumentos para analisar o crédito, apoiamos programas de desenvolvimento sustentável, fornecemos diretrizes para treinamento de profissionais e contribuímos para que clientes melhorem suas práticas.

Fazemos pesquisas em sites de órgãos reguladores para conhecer o risco socioambiental de cada tomador. Um exemplo são as consultas à lista suja do Ministério do Trabalho, cujo intuito é averiguar notícias de empresas vinculadas a temas como utilização de mão de obra forçada ou análoga ao escravo, além de outras consultas como trabalho degradante, trabalho infantil, área contaminada e crime ambiental.

Não realizamos operações de crédito com empresas enquadradas em nossa Lista Proibida – ou seja, que incentivem direta ou indiretamente a prostituição, utilizem mão de obra infantil de forma prejudicial ou exploratória ou que façam parte do cadastro nacional de empregadores que tenham mantido trabalhadores em condições análogas às de escravo.


Operação na internet – iCarros

O portal iCarros é um instrumento estratégico para nossa operação de financiamento de veículos. Além de se mostrar uma operação rentável para a compra e venda de carros, motos e caminhões, o site tem é base de auxílio à gestão do banco e de revendedores, fornecendo informações atualizadas e confiáveis sobre preços e ofertas disponíveis virtualmente.

Iniciamos 2012 com a família de veículos do portal completa – anúncios, classificados e especificações técnicas, além de fotos e matérias sobre o setor. Nosso investimento em tecnologia permitiu o desenvolvimento de aplicativos para mobile e também a intermediação de propostas de aquisição diretamente pela tela do telefone celular.

Esses investimentos tecnológicos, aliados à confiança depositada na marca Itaú, garantiu ao iCarros a liderança do mercado em menos de cinco anos de vida. O portal encerrou o ano com uma média de 12 milhões de visitantes por mês, os quais têm acesso a uma base de cerca de 4,5 mil revendas cadastradas e 120 mil veículos.

Cartões Clique aqui para saber mais sobre cartões.
Itaucard 2.0 Clique aqui e veja mais detalhes do Itaucard 2.0.
Veículos Clique aqui para saber mais a respeito da área de veículos.
Portal iCarros Clique aqui e veja o portal iCarros.

Microcrédito

As operações de microcrédito são importantes para consolidar nossa estratégia de sermos agentes de transformação da sociedade ao contribuirmos para que empreendedores de baixa renda tenham a chance de expandir e desenvolver seus próprios negócios em suas comunidades. Um grande benefício proporcionado por essa iniciativa é a inclusão de microempreendedores no mercado formal. Essa também é uma operação importante, pois reforça nossa visão de sustentabilidade e amplia nossa capacidade de disseminar nosso conhecimento sobre educação financeira, que é reconhecido pelas conquistas dos prêmios Modelos de Negócios Inclusivos (World Business and Development Awards) e Comercialização da Sustentabilidade (Ethical Corporation Awards).

O Business Call to Action (BCtA), plataforma global de negócios inclusivos apoiada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), pelo Pacto Global e por 7 outros parceiros internacionais, aceitou os compromissos de médio e longo prazos que assumimos para a área de Microcrédito. Lançado em 2008, o BCtA possui um portfólio de 50 empresas comprometidas com negócios inclusivos que combinam lucratividade e desenvolvimento.

    Nossa atuação em microcrédito divide-se em dois pisos:

  • Primeiro piso: oferece crédito para capital de giro, misto, reformas ou ativo fixo a empreendedores formais e informais envolvidos em atividades de pequeno porte.
  • Segundo piso: oferece crédito a microempresários por meio de organizações da sociedade civil cadastradas no Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMO).

Nossa operação no primeiro piso segue uma metodologia de relacionamento direto entre os agentes de campo e os microempreendedores, muitos deles com dificuldade de acesso aos canais de atendimento tradicionais. Com uso intensivo de tecnologia para transmissão e análise da documentação exigida e assinatura de contratos, oferecemos crédito que variam de R$ 400 a R$ 14.200, com taxas de juros aderentes ao PNMO. Desde seu início, em 2003, a operação já realizou mais de 41 mil operações de financiamento, o que equivale a mais de R$ 131 milhões.

Em 2012, iniciamos um processo de expansão das operações no primeiro piso, o que resultou em um incremento de 21% no volume desembolsado (quando comparado com 2011), atingindo mais de R$ 24,4 milhões – aumento de 60% entre os meses de maio e outubro. O crescimento foi provocado por uma revisão no modelo de análise de crédito e aprimoramento do treinamento dos agentes de campo e analistas. Um de nossos maiores desafios, relacionados à plataforma de sistemas utilizados, teve impactos no sistema gerencial e na implantação de alguns projetos, como o de dar suporte para os agentes de campo utilizarem dispositivos móveis mais completos.

Ao observarmos as recentes movimentações do mercado, constatamos elevação no índice de formalização dos pequenos negócios. Assim, ampliamos nossa atenção às empresas com documentação formal atendidas pelos canais de microcrédito e intensificamos a sinergia com a área de empresas para aprimorar nossa oferta de crédito.
No segundo piso, concluímos o diagnóstico das instituições parceiras e realizamos ações de apoio institucional com a aproximação das áreas de Marketing e Seguros para oferecer material de prospecção e de microsseguros para as instituições interessadas.

Iniciamos também um projeto específico para mulheres, por meio de um termo de cooperação assinado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que visa atender 1.500 mulheres empreendedoras. O principal objetivo da parceria é o desenvolvimento de um modelo de crédito baseado no potencial de crescimento das empreendedoras.

Informações complementares GRI FS1, FS2, FS3

A governança de microfinanças assume um papel expressivo na criação de uma agenda voltada para o desenvolvimento sustentável do país ao acompanhar as tendências de mercado e as demandas dos clientes e da sociedade e promover a inclusão financeira de empreendedores informais. Aliada a isso, a Itaú Microcrédito participa de fóruns e encontros nacionais e internacionais para manter-se sempre à frente das principais questões relacionadas ao mercado financeiro do microempreendedor.

Oferecemos crédito para microempreendimentos que atuem com práticas sustentáveis e que causem impactos positivos no desenvolvimento da comunidade. Antes da concessão, o agente de microcrédito faz uma avaliação global sobre o microempreendimento, levando em consideração os cinco cês, ou seja, caráter, capacidade de pagamento, capital, condições e colateral.

Para aferir o cumprimento dos requisitos sociais acordados na política, o agente visita o empreendimento financiado e acompanha a aplicação dos recursos. Se houver algum desvio, o profissional deve orientar o cliente. Além disso, mensalmente é feito acompanhamento físico e analítico – com base nos dados extraídos em sistemas e documentos – dos empreendimentos.

Credenciamento e adquirência

Nosso negócio de credenciamento e adquirência compreende o processo de captura das transações com cartões de crédito e débito e cartões de benefícios (voucher) e de lojas (private label) por intermédio da filiação, do gerenciamento e do relacionamento com os estabelecimentos comerciais por meio das empresas Hipercard e Redecard. Além disso, oferecemos antecipação de recebíveis, disponibilização de terminais, consulta de cheques, compra e saque, serviços não financeiros e extrato eletrônico.

Em 2012, o valor transacionado de cartões de crédito foi de R$ 183,5 bilhões. Esse valor representa 66,8% do total dos negócios gerados pelo credenciamento. As receitas de serviços de cartões de crédito apresentaram crescimento no ano de R$ 97,2 milhões decorrente do aumento no valor transacionado.

O valor transacionado capturado nas transações de cartões de débito foi de R$ 94,2 bilhões e representou 33,2% do valor transacionado total em 2012, com crescimento de 18,8% em relação a 2011. No ano, as receitas de serviços de cartões de débito apresentaram aumento de R$ 105,0 milhões, ou 18,2%, também decorrente do mencionado aumento do valor transacionado.

Em 2012, nossa base de equipamentos instalados e ativos atingiu 1.429 unidades, apresentando crescimento de 13,2% em comparação com o ano anterior.

Oferta Pública de Aquisição de Ações (OPA) da Redecard

Em 2012, fizemos uma Oferta Pública de Aquisição de Ações (OPA) da Redecard, o que visa permitir nosso avanço na oferta de serviços e soluções integradas aos nossos clientes. Assim, expandiremos nossas operações para todos os municípios do Brasil e teremos maior integração dos negócios em um ambiente mais competitivo.

A OPA encerrou-se no dia 24 de setembro, com uma grande adesão dos acionistas para a venda ao preço de R$ 35,00 por ação, totalizando um valor de R$ 10,46 bilhões. No dia 18 de outubro, a CVM aprovou o cancelamento do registro de companhia aberta da Redecard.

Adicionalmente, os acionistas que não aderiram à OPA puderam vender suas participações ao banco ao preço devidamente corrigido pela taxa Selic até o dia 14 de dezembro de 2012, data em que ocorreu o resgate das ações. O valor no fim desse período foi de R$ 11,75 bilhões, o que demonstrou o sucesso dessa operação.

Mercado e corporação

A área de Tesouraria Institucional presta serviços a todo o Itaú Unibanco, viabilizando as operações advindas de clientes e o gerenciamento de caixa e posições institucionais. Somos responsáveis por zelar pela liquidez, estabelecer as bases de preços para as áreas comerciais de atacado, varejo e mercado de capitais, gerar resultado por meio da administração ativa de riscos de mercado e estruturar e executar as captações próprias do conglomerado.

Na tesouraria institucional, no ano de 2012, a margem financeira das operações realizadas com o mercado somou R$ 3.801 milhões, em linha com o resultado do ano anterior, com leve aumento de R$ 16 milhões.

No ano de 2012, realizamos emissões de Dívida Subordinada Nível II que incrementaram significativamente nossa base de capital. No mercado local, foi emitido um total de R$ 13,7 bilhões em Letras Financeiras Subordinadas, o que representou 44% das emissões totais realizadas no Brasil. No exterior, foram realizadas quatro captações que totalizam US$ 5,05 bilhões, com destaque para a operação executada em novembro, que representou o maior volume captado com a menor taxa ao investidor (yield) entre as transações Subordinadas Nível II em moeda estrangeira de bancos latino-americanos no ano de 2012. Essas captações representaram aproximadamente 31% do total das emissões externas em dólar por instituições financeiras brasileiras no ano em questão. Conquistamos a liderança no ranking de emissões de dívida subordinada no mercado local e estrangeiro no período citado.

Resultado de nossos negócios

O banco comercial manteve, em 2012, o primeiro lugar entre nossos segmentos, representando 44,5% do lucro líquido de nossos negócios, com decréscimo de 8,4 pontos percentuais em relação ao ano anterior. O destaque de 2012 foi o segmento Atividades com o Mercado e Corporação, que apresentou acréscimo de 10,4 pontos percentuais.

Essas variações podem ser visualizadas no gráfico abaixo: